• Centro Médico Pax-Vóbis

CIÊNCIA E SAÚDE

Cientistas criam mecanismo que mata apenas células do câncer

A chamada “ogiva metabólica”, quando ativada, mata as células cancerosas e não afeta o entorno, evitando efeitos adversos como queda de cabelo

Publicados

em

Imagem Ilustrativa

Uma boa notícia para quem sofre com o câncer: cientistas criaram um mecanismo capaz de matar apenas células cancerosas e bactérias sem prejudicar as estruturas saudáveis que estão no entorno.

No entanto, eles dizem que mais testes são necessários para confirmar se a técnica é segura e permite um tratamento rápido para tumores no estágio inicial. A expectativa é que também seja capaz de combater bactérias resistentes a antibióticos.

O estudo, publicado em abril na revista científica Nature Communications, foi liderado por pesquisadores da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido.

Eles combinaram uma minúscula molécula destruidora do câncer chamada SeNBD a um composto químico que induz células malignas a ingeri-lo. Os testes foram realizados em peixes-zebra e células humanas.

“Ogiva metabólica” que mata o tumor

As células cancerosas são “gananciosas” e devem consumir grandes quantidades de alimentos para sobreviver, afirmam os cientistas. Quando a SeNBD é acoplada a um composto que essas células usam para se alimentar, ela se torna a “presa ideal” para elas, mas não as alerta sobre sua natureza tóxica.

Essa junção da SeNBD com o composto “alimentar” foi intitulada “ogiva metabólica”. Depois de implantada, os cientistas ativam suas propriedades “assassinas” de tumores por meio da luz visível, o que gera um maior grau de precisão no tratamento.

Segundo o artigo científico, isso reduz as chances da molécula destruidora de células cancerosas afetar estruturas saudáveis, evitando possíveis efeitos colaterais típicos de tratamentos como quimioterapia e radioterapia, incluindo queda de cabelo.

“Nossa pesquisa representa um avanço importante no projeto de novas terapias que podem ser simplesmente ativadas por irradiação de luz, que geralmente é seguro. SeNBD […] abre novas oportunidades na medicina intervencionista para matar células prejudiciais sem afetar o tecido saudável circundante”, comenta o pesquisador Marc Vendrell, da Universidade de Edimburgo, um dos autores do estudo, citado pelo jornal britânico The Independent.

Fonte: Repórter MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  4,65 bilhões de animais foram afetados com as queimadas no Pantanal, apontam pesquisadores
Propaganda

GERAL

Polícia encontra bandidos do Novo Cangaço hospedados em hotel de MT

No local, os policiais encontraram alguns materiais usados no crime e um montante em dinheiro.

Publicados

em

Bandidos foram presos pelo GCCO. - Reprodução

Por G1 MT

Dois suspeitos de fazer parte da quadrilha que assaltou duas agências bancárias, em Nova Bandeirantes (MT), no dia 4 deste mês, foram presos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23), em Nova Monte Verde, que fica a 54 km da cidade onde aconteceu o roubo.

Os criminosos são procurados há mais de 15 dias. Durante esse período de buscas, seis deles foram mortos em dois confrontos com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Tática. Ao todo, cerca de 20 pessoas teriam participado do assalto às agências, na modalidade Novo Cangaço.

Eles estavam hospedados em um hotel, em Nova Monte Verde.

Cerca de 200 mil foram recuperados pela polícia — Foto: Assessoria

Cerca de 200 mil foram recuperados pela polícia — Foto: Assessoria

Durante as buscas e confrontos desde a data do assalto, aproximadamente R$ 200 mil em espécie foram recuperados pela polícia.

Nesta terça-feira (22), agentes do Bope e da Força Tática encontraram R$ 45 mil escondidos em uma região de mata em Nova Bandeirantes. O dinheiro seria parte da quantia roubada dos bancos.

Antes disso, no dia 10, quatro foram mortos pela polícia. Na ocasião, mais de R$ 160 mil também foram recuperados.

E, nessa segunda-feira (21), outros dois assaltantes morreram após troca de tiros com os agentes. Com eles, a polícia encontrou R$ 43.510 em espécie.

O Bope acredita que a nova quantia encontrada nesta terça-feira foi deixada por um dos assaltantes que conseguiu fugir durante o último confronto.

A polícia estima que cerca de 20 pessoas participaram do assalto no estilo ‘Novo Cangaço’, que fez mais de 30 pessoas reféns. Os criminosos estavam armados e usavam roupas camufladas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Estudo mostra que resfriado ajuda corpo a reagir contra o coronavírus
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA