• 3M Decorações

LUZ NA INFÂNCIA 8

Alvo de operação contra pedofilia é preso em flagrante após análise de equipamentos apreendidos

Nos equipamentos apreendidos havia inúmeras imagens, fotografias, vídeos de crianças e adolescentes e arquivos relacionados à pedofilia

Publicados

em

Reprodução

Assessoria/Polícia Civil-MT

Em continuidade aos trabalhos da operação Luz na Infância 8, a Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), realizou na manhã desta quinta-feira (10.06), a prisão em flagrante de um dos alvos que teve o envolvimento identificado com o crime de pedofilia praticado na internet.

O suspeito de 22 anos é técnico em informática e foi autuado em flagrante pelo crime de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previsto no artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A Operação Luz na Infância faz parte de uma mobilização nacional para combater crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet e foi articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi).

Em Mato Grosso, foram cumpridos na quarta-feira (09.06), quatro mandados de busca e apreensão domiciliar, sendo três na cidade de Rondonópolis e um em Nova Lacerda. Na ocasião, foram apreendidos equipamentos eletrônicos para verificação, não sendo identificado de imediato material de conteúdo pornográfico relacionado a exploração infanto-juvenil por meio da internet.

Drogaria Econômica

Após as apreensões, foi realizada uma minuciosa análise do material sendo identificada uma fartura de elementos informativos sobre a prática da pedofilia virtual por parte de um dos alvos da cidade de Rondonópolis.

Com base nos indícios, os policiais civis de Rondonópolis coordenados pelo delegado Fernando Fleury diligenciaram rapidamente e realizaram a prisão do suspeito que trata-se de um jovem, técnico informática. Nos equipamentos apreendidos com o suspeito havia inúmeras imagens, fotografias, vídeos de crianças e adolescentes e arquivos relacionados à pedofilia.

Segundo o delegado da DRCI, Ruy Guilherme Peral da Silva, a operação Luz na Infância tem por objetivo justamente combater a prática da pedofilia virtual em todo a América do Sul, América do Norte e América Latina, tirando de circulação os envolvidos na produção e difusão de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes na rede mundial de computadores.

“É um trabalho exitoso da Polícia Civil de Mato Grosso visto que conseguiu identificar e realizar a prisão em flagrante de uma dessas pessoas envolvidas nessa rede de um crime tão grave”, disse o delegado.

O flagrante contra o suspeito está sendo lavrado em Rondonópolis sendo a prisão comunicada ao Poder Judiciário para as providências cabíveis.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo de Mato Grosso publica nomeação de papiloscopistas e técnicos em necropsia
Propaganda

GERAL

Polícia encontra bandidos do Novo Cangaço hospedados em hotel de MT

No local, os policiais encontraram alguns materiais usados no crime e um montante em dinheiro.

Publicados

em

Bandidos foram presos pelo GCCO. - Reprodução

Por G1 MT

Dois suspeitos de fazer parte da quadrilha que assaltou duas agências bancárias, em Nova Bandeirantes (MT), no dia 4 deste mês, foram presos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23), em Nova Monte Verde, que fica a 54 km da cidade onde aconteceu o roubo.

Os criminosos são procurados há mais de 15 dias. Durante esse período de buscas, seis deles foram mortos em dois confrontos com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Tática. Ao todo, cerca de 20 pessoas teriam participado do assalto às agências, na modalidade Novo Cangaço.

Eles estavam hospedados em um hotel, em Nova Monte Verde.

Cerca de 200 mil foram recuperados pela polícia — Foto: Assessoria

Cerca de 200 mil foram recuperados pela polícia — Foto: Assessoria

Durante as buscas e confrontos desde a data do assalto, aproximadamente R$ 200 mil em espécie foram recuperados pela polícia.

Nesta terça-feira (22), agentes do Bope e da Força Tática encontraram R$ 45 mil escondidos em uma região de mata em Nova Bandeirantes. O dinheiro seria parte da quantia roubada dos bancos.

Antes disso, no dia 10, quatro foram mortos pela polícia. Na ocasião, mais de R$ 160 mil também foram recuperados.

E, nessa segunda-feira (21), outros dois assaltantes morreram após troca de tiros com os agentes. Com eles, a polícia encontrou R$ 43.510 em espécie.

O Bope acredita que a nova quantia encontrada nesta terça-feira foi deixada por um dos assaltantes que conseguiu fugir durante o último confronto.

A polícia estima que cerca de 20 pessoas participaram do assalto no estilo ‘Novo Cangaço’, que fez mais de 30 pessoas reféns. Os criminosos estavam armados e usavam roupas camufladas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  EM TANGARÁ:Dupla invade casa e executa rival a tiros na frente da esposa e sogra
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA