VERDADES QUE DOEM

O Estado de São Paulo publica editorial afirmando que Bolsonaro não reúne mais condições de governar o País; Alexandre Garcia, rebate

Publicados

em

Em editorial, nesta quinta-feira (21), o Jornal O Estado de S. Paulo afirma: “Está claro para um número cada vez maior de cidadãos que Jair Bolsonaro não reúne mais condições de continuar na Presidência e que sua permanência no poder põe em risco a vida de incontáveis brasileiros em meio à pandemia de Covid-19, em razão de sua ignominiosa condução da crise”..

“O mais inepto presidente da história pátria só se segura no cargo, do qual jamais esteve à altura, porque ainda não foram reunidas as condições políticas para seu afastamento constitucional”, acrescenta o jornal.

“Essas condições políticas dependem majoritariamente de um entendimento não em relação aos muitos crimes de responsabilidade que Bolsonaro já cometeu, hoje mais que suficientes para um robusto processo de impeachment, e sim em relação ao projeto de país que se pretende articular para substituir o populismo raivoso do bolsonarismo (…)”, diz.

“Sem isso, eleitores continuarão a se encantar com a mendacidade patológica de Bolsonaro, dando sobrevida política a quem já deveria ter sido banido da vida pública há muito tempo”, completa o Estadão.

JORNALISTA ALEXANDRE GARCIA REBATE

Que Bolsonaro caia logo e não deixem Mourão assumir.
Façam novas eleições, burlem as urnas e deem logo a vitória para Ciro, Haddad, Moro, Doria, ou qualquer outro vigarista.
Assim o Brasil volta a ser o que era e a imprensa para de encher o saco.
Assim os idiotas se calam e voltam a postar nas redes sociais, apenas suas opiniões sobre futebol, novelas, BBB e música ruim.
Que o novo presidente não dê entrevistas diárias, não se importe com a opinião da população e continue o legado de FHC, Lula e Dilma. Pode acreditar que o Brasil suporta.
Que voltem logo os escândalos de corrupção permitida, assim como a grande farra dos cartões corporativos.
Que amigos e afilhados políticos, sem NENHUMA qualidade técnica, invadam os altos cargos de estatais e que volte assim a reinar mensalões, petrolões e tudo que a mídia aprova e o povo descolado finge que não existe, afinal assim fica tudo bem.
E se acabar o dinheiro???? Oras, é só mandar imprimir mais.
Não tem risco algum de inflação, pois Amoedo, especulador financeiro, e possível ministro, garante isso.
Para que reduzir o número de homicídios e criminalidade? Vamos voltar à liderança do horror. Ninguém se importa e o STF fica feliz.
Japão, Israel e EUA são capitalistas cruéis e não merecem nossa confiança. Vamos apoiar a China, nossa grande parceira, e voltar a injetar dinheiro público em toda e qualquer ditadura de republiquetas.
Vamos encher de dinheiro as ONGs e os bolsos de artistas da MPB, que assim voltam a compor suas merdas super valorizadas e manter suas viagens pelo mundo às custas do dinheiro público. O Instagram precisa dessas imagens.
Quanto às TVs e jornais, especialmente Globo, o novo presidente tem de gastar em publicidade os bilhões da Saúde, para assim manter os altos salários de apresentadores que fingem se importar com o estúpido povo que acredita neles.
Acabou o dinheiro? Amoedo garante, eu já disse: é só imprimir mais. Vamos deixar a mídia feliz e amiga de nosso novo presidente.
O MST precisa voltar a invadir terras sem intervenção da polícia, assim como os sindicatos necessitam cobrar parcelas mensais do trabalhador para financiar o luxo de seus dirigentes. Parem de incomodá-los.
O BNDES tem de voltar a emprestar dinheiro para países “amigos” e empresas “bacanas”, sem cobrar juros e sem nenhuma garantia de pagamento.
Dinheiro não falta, mas se acabar, já sabem: é só imprimir mais e mais e mais…
Precisamos voltar a ter 29 ministérios, cada um dedicado a um partido, para que escolham seus ministros tranquilamente.
A polícia precisa de novos comandos para que a apreensão de drogas diminua, assim como a repressão ao crime, pois precisamos de paz, não de guerras contra facções.
O possível e hipotético futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública, Freixo, garante que esse é o caminho.
O novo presidente precisa saber “dialogar” com Senado e Congresso, não negando nenhum benefício a esse grupo de nobres trabalhadores que só querem o bem do Brasil. Merecem aumento de salário, aumento de assessores, vantagens, auxílios, não devemos barrá-los, pois estão lutando pelo Brasil.
Se acabar o dinheiro, é só imprimir, poxa!
Quanto à educação, essa não precisa de nada. É só manter os reitores do PSOL, a UNE do PCdoB e o sagrado método Paulo Freire. E também ensinar mesmo sobre ideologia de gênero para que nossas crianças cresçam sabendo que podem mudar de sexo a hora que desejarem. E mais: nossos últimos lugares no ranking mundial de educação devem ser mantidos.
Ahhhh, que futuro grandioso!!!
Que venha Ciro, Haddad, Moro, Doria, ou qualquer outro vigarista, pois o Brasil precisa voltar a ser Brasil.
Poucas pessoas vão ler até o final, pois a grande maioria são analfabetos funcionais!
Gostam de figurinhas !

FONTE: momentomt.com.br

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  INSS divulga calendário de retomada da prova de vida
Propaganda

ACIDENTES

Motorista de Pontes e Lacerda perde o controle de caminhão e capota por várias vezes próximo a entrada de Cáceres

Publicados

em

Joner Campos I Cáceres Notícias

Um condutor capotou o caminhão na tarde deste sábado (27) na BR 070 em Cáceres, distante a 220 km de Cuiabá. Com o capotamento, o veículo ficou bastante danificado.

De acordo com os bombeiros, que atenderam a ocorrência por volta das 15h, a vítima trafegava pela rodovia no sentido Pontes e Lacerda a Cuiabá, quando após passar pelo Pórtico de entrada de Cáceres veio perdeu o controle do Hyundai HB20S devido a uma aquaplanagem, e capotou por várias vezes.

De acordo com os bombeiros, o caminhão tinha placas de Porto Velho (RO), porém o motorista Célio Aguiomar de Moreira Azambuja é de Pontes e Lacerda e que estaria em deslocamento para Cuiabá onde buscaria sua esposa, e o seu filho recém nascido.

5d15e60b-151e-470b-928c-127603b336dd.jpg

O condutor foi conduzido até o Hospital Regional de Cáceres, Dr. Antônio Fontes para avaliação médica.

O motorista estava consciente, orientado, apenas se queixando de dores lombares e com um corte contuso em um dos pés.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Projeto ensina capoeira angola para iniciantes via plataforma digital
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA