IMPASSE

Sindicato dos profissionais da educação pede suspensão da Copa América em MT

Entidade alega que realizar o evento neste momento pode aumentar o risco de contaminação pelo coronavírus. A Arena Pantanal receberá cinco jogos da competição.

Publicados

em

Arena Pantanal vai receber cinco jogos da Copa América — Foto: Bruna Ficagna/TVCA

Por G1 MT

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso – subsede Cuiabá – protocolou uma representação no Ministério Público Estadual pedindo a suspensão da Copa América no estado.

A Arena Pantanal receberá cinco jogos da competição, todos da primeira fase. A primeira delas será Colômbia e Equador, no próximo domingo (13). A última partida será Bolívia e Argentina, dia 28 de junho.

“A realização da Copa América pode representar um risco adicional a gravíssima situação do Brasil, que tem no negaciosismo o norte que orienta as ações do governo no enfrentamento da pandemia”, diz o sindicato.

A entidade alega que realizar o evento neste momento pode aumentar o risco de contaminação pelo coronavírus e pode agravar ainda mais a pandemia.

“Para além dos riscos trazidos pela circulação das delegações, os organizadores do evento trabalham para que a final da Copa América seja realizada com a presença do público”, disse.

3M Decorações

Ainda de acordo com o sindicato, a prioridade agora deve ser a compra de vacinas e testes de Covid-19 para controlar a pandemia no estado.

“Após a desistência da Colômbia, tomada por protestos, e da Argentina, que enfrenta piora na pandemia, Jair Bolsonaro trabalhou com celeridade para que o Brasil recebesse o evento. Trata-se de uma insanidade inconstitucionalizada contra o povo brasileiro e a saúde pública”, pontua.

Nesta segunda-feira (6), representantes da Conmebol e o secretário de Cultura, Esporte e Lazer do estado de Mato Grosso, Alberto Machado, se reuniram na Arena Pantanal para iniciar os trabalhos oficiais de planejamento da Copa na capital.

Um dos impasses de Cuiabá como sede era não ter local para as equipes realizarem treinos. Segundo o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, o estádio Dutrinha, estaria à disposição para receber as seleções.

O local está interditado há seis anos, passa por reformas e deveria ter ficado pronto no aniversário de 300 anos de Cuiabá, em 2019.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo de Mato Grosso publica nomeação de papiloscopistas e técnicos em necropsia
Propaganda

ECONOMIA

Setores hoteleiro e de eventos comemoram reaquecimento da economia durante Copa América

Todos os profissionais que trabalharão dentro da Arena Pantanal, durante a Copa América, terão que passar por testes de Covid-19 a cada 48 horas

Publicados

em

Todas as partidas (serão cinco jogos na Arena Pantanal) ocorrerão sem público, por conta dos protocolos de biosegurança para conter a disseminação do coronavírus - Foto por: Secom-MT

Por Protásio de Morais | Secel-MT

A presidente do Sindicato das Empresas de Eventos de Mato Grosso, Alcimar Moretti, enxerga a realização de jogos da Copa América em Mato Grosso, competição marcada para ter início neste domingo (13), na Arena Pantanal, como positiva para o setor.

“São sete países da América do Sul assistindo jogos realizados em Mato Grosso, que é um destino turístico em potencial. Então, é importante que esse destino seja divulgado. Com certeza vai repercutir positivamente em 2022. Acredito que seja muito positiva a vinda da Copa América para o estado”, afirmou.

Para Luiz Carlos Nigro, presidente do Sindicato Intermunicipal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Mato Grosso (SHRBS-MT), esta é uma oportunidade de reaquecer o setor, tão prejudicado em tempos de pandemia, e movimentar a economia de toda uma cadeia produtiva.

“Faz tempo que não tínhamos um movimento tão bom no setor de hotelaria. Agradecemos ao governador Mauro Mendes e ao secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, por trazerem a Copa América para Cuiabá. E não é só a hotelaria que ganha, empresas de aluguel de vans ganham, de turismo, taxistas, recepcionistas de eventos, vários profissionais contratados, organizadores. Vai movimentar toda uma cadeia que faz girar a economia. E claro, seguindo à risca todos os protocolos de biossegurança exigidos”, ressalta Nigro.

As seleções ficarão hospedadas no Gran Odara, Deville e Holiday Inn. Parte do staff também deve ficar no Hotel Paiaguás. “O setor hoteleiro, um dos mais prejudicados com as restrições impostas pela pandemia, será contemplado durante a competição. Serão, no máximo, 65 pessoas por delegação. Este número foi limitado pela Conmebol por conta do controle sanitário”, pontuou o secretário Beto Dois a Um.

Rígido protocolo de biossegurança

Pela primeira rodada da Copa América, fase de grupos, Colômbia e Equador se enfrentam neste domingo (13.06), às 20h (horário de Cuiabá), na Arena Pantanal. As equipes desembarcam na noite de sexta-feira (11), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, sob um forte esquema de segurança.

Todas as partidas (serão cinco jogos na Arena Pantanal) ocorrerão sem público, por conta dos protocolos de biossegurança para conter a disseminação do coronavírus.

Todos os profissionais que trabalharão dentro da Arena Pantanal, seja na organização da Copa América ou na cobertura do evento terão que passar por testes de Covid-19 a cada 48 horas, tendo jogo ou não, até o fim dos jogos em Cuiabá. 

Casa das Capinhas Novo

A competição, contará ainda com membros de comissões técnicas, equipes de transmissão, jornalistas. “É importante ressaltar que tudo será realizado com um protocolo rígido de biossegurança. Delegações chegarão testadas e continuarão sendo testadas durante todo o evento esportivo. Todos os profissionais que participarão da Copa América serão testados antes de entrarem no estádio. Nos hotéis ficarão em alas separadas dos demais hóspedes e farão refeições separadas também”, explica Beto Dois a Um.  

Na quinta-feira (10),  uma reunião entre as forças de segurança estaduais e federais com a Conmebol foi realizada para deliberar sobre o fechamento do entorno da Arena Pantanal e dos locais de treino das seleções da Colômbia e Equador, ruas de acesso do estádio e os de treinamento, escolta do aeroporto, hotéis e nos gramados.

Da saída das aeronaves até os dois hotéis em Cuiabá que vão hospedar as delegações, não haverá contato com público. Eles já vêm todos testados de seus países de origem e realizam novo teste antes dos jogos.

No sábado (12), as seleções da Colômbia e Equador devem fazer treino de uma hora em Várzea Grande e em Cuiabá, fechados para imprensa. Dentro dos locais, apenas os jogadores, equipe técnica, segurança privada e representantes da Conmebol.

Já do lado de fora dos locais de treino, a Guarda Municipal fechará algumas vias de acesso em Várzea Grande e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) deve fazer o mesmo em Cuiabá. A PRF e a Polícia Militar estarão do lado externo. Nenhum tipo de aglomeração de pessoas será permitido.

Todos os policiais envolvidos no esquema de segurança estão vacinados contra a Covid-19 ou tiveram que passar por testes para identificar se estão ou não com vírus ativo. Todas as pessoas que acessarem o estádio também terão que ter se submetidas a testes do tipo PCR, sejam jornalistas, delegações ou policiais.

Arena Pantanal entre os melhores estádios do Brasil

Recentemente, Carlos Alves, coordenador da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) esteve em Cuiabá para conferir as adequações da Arena Pantanal para o Campeonato Brasileiro. A Arena renovada acabou por chamar a atenção da CBF, fazendo com que o estádio mato-grossense fosse selecionado para sediar a Copa América. 

“O Governo de Mato Grosso está dando um tratamento à altura para esse estádio de Copa do Mundo, um merecido estádio. Parabéns pelas reformas realizadas. A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer está de parabéns”, disse Carlos Alves, coordenador da CBF.

“Estamos muito felizes com os resultados alcançados. A Arena Pantanal está linda, pronta para receber as partidas do Brasileirão e da Copa América. Em nome do governador Mauro Mendes, da primeira-dama Virginia Mendes, e de toda a equipe da Secel, recebo com alegria o reconhecimento da CBF”, diz o secretário Beto Dois a Um.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Municípios de MT têm dificuldade para usar toda a dose da vacina contra a Covid-19 e alguns jogam fora
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA