• Ultranacional a Amarelinha

MATO GROSSO

TOQUE DE RECOLHER: MP vai processar prefeitos e PMs que fizerem “corpo mole” para fiscalização

Publicados

em

O governador Mauro Mendes (DEM) alertou que o Ministério Público Estadual (MPE)  está pronto processar qualquer ente que não seguir o decreto estabelecendo toque de recolher entre 21h e 5h, com paralisação das atividades às 19h, pelo período de 15 dias, na tentativa de conter a disseminação da Covid-19 em todo Mato Grosso. A orientação vale para o chefe do Executivo Estadual,   prefeitos e  comandantes da PM.

“A fiscalização deverá acontecer por todos os entes.   Todos devem colocar seu aparato fiscalizatório a serviço do atendimento daquilo que está determinado.  O MP pode me acionar, acionar um prefeito, acionar um comandante da PM para responder perante a Justiça pelo descumprimento das normas de restrição pelo interesse da saúde pública”, disse Mauro, em coletiva de imprensa na manhã desta segunda (1º).

Além disso, o governador também explicou que o descumprimento das medidas vão ensejar  multas. As penalidades serão aplicadas tanto para pessoas físicas como para CNPJs.  

“Chegamos à  conclusão que precisa ter multas   mais pesada para CNPJs. Precisa ter multas mais pesadas se um bar for pego aberto após 19h, se algum comércio ou algum tipo de estabelecimento que não está permitido estiver aberto. Tudo isso será normatizado em lei e  aplicado com rigor”, completou.

Para pessoa física que descumprir o decreto, a multa será de R$ 180. Para CNPJs, o valor está sendo definido. O projeto de Lei normatizando as multas será enviado à Assembleia nas próximas horas.

Segundo o presidente da Assembleia, deputado estadual Max Russi (PSB), uma sessão extraordinária será realizada nesta terça (2) para apreciar a proposta do Executivo. A matéria vai tramitar em regime de urgência urgentíssima.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Artistas pedem que presidente dos EUA não libere verbas ao Brasil
Propaganda

CIDADES

Carros furtados de locadora e que seriam levados para a Bolívia são recuperados pela Polícia Civil de Vila Bela

Dois automóveis pertencem a uma locadora de veículos de Várzea Grande, região metropolitana da capital e outros dois foram roubados em São Paulo.

Publicados

em

Veículo foi apreendido em MT — Foto: Reprodução

Por G1 MT

Uma operação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar e Gefron recuperou quatro veículos que estavam escondidos em uma casa em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 521 km de Cuiabá, e que seriam levados para a Bolívia na noite dessa quarta-feira (21).

Carro seria levado para a Bolívia — Foto: Reprodução

Segundo o delegado da Polícia Civil de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Paulo Berté, dois automóveis pertencem a uma locadora de veículos de Várzea Grande, região metropolitana da capital e outros dois foram roubados em São Paulo.

Junior Confecções

Ninguém foi preso até o momento.

Agora as investigações seguem a cargo da delegacia de Polícia Civil de Vila Bela no intuito de identificar o receptador desses veículos.

Veículo foi recuperado pela Polícia Civil — Foto: Reprodução

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  “Queremos estar juntos para construir uma política ambiental baseada na sustentabilidade”, afirma Mauro Mendes
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA