PONTES E LACERDA

Policiais da Regional de Pontes e Lacerda são capacitados em operação de aeronave remota

Publicados

em

A fim de aprimorar as ações de combate à criminalidade nas cidades vinculadas à Regional de Pontes e Lacerda (448 km ao norte de Cuiabá), nove policiais civis foram capacitados no curso de operador para o Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAS), popularmente conhecidas como “Drones”.

O treinamento promovido pela Delegacia Regional em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), com o apoio do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda,  foi realizado entre os dias 25 a 27 de novembro com objetivo de formar profissionais, policiais civis das diversas delegacias vinculadas à Regional de Pontes e Lacerda.

A capacitação em operação de drones tem a finalidade de auxiliar a fiscalização de queimadas, monitoramento dos rios durante a piracema, vigilâncias em áreas sensíveis e demais atividades afins, no intuito de aumentar cada vez mais a sensação de segurança aos munícipes da região.

Segundo o delegado regional Marcos Cezar Faria Lyra, a qualificação dos policiais civis para o uso de novas tecnologias faz parte da estratégia de segurança pública da Polícia Civil de Mato Grosso e, em especial, da Delegacia Regional de Pontes e Lacerda,

“O equipamento é um forte aliado não somente para a área de inteligência, mas também nas operações vinculadas à atividade fim da Polícia Civil”, destacou o regional.

Assessoria/Polícia Civil-MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Lucas do Rio Verde: Mulher tem 36% do corpo queimado após acidente doméstico
Propaganda

CIDADES

Servidor e amigo têm números incluídos em anúncio de atores pornô

Publicados

em

Servidor público e um amigo, ambos de 41 anos, registraram boletim de ocorrência para denunciar que seus números de telefones foram incluídos em um anúncio de seleção de atores de filmes pornográficos. O caso foi registrado em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), na última quarta-feira (13).

O anúncio circulou nas redes sociais durante essa semana. A imagem informava sobre uma seletiva para atores pornôs no município, seguido de vários pré-requisitos. Por exemplo, quem se interessasse pela vaga não poderia ter vergonha, ter disponibilidade para viagens internacionais, pênis acima de 13 centímetros e não ter nojo de vagina.

A inscrição seria no valor de R$ 15 e o cachê de R$ 1,6 mil por filme. Para contato, foi acrescentado o número das vítimas.

No boletim de ocorrência, os dois relataram que passaram a receber muitas mensagens, prejudicando o trabalho e a vida particular deles. 

Eles possuíam os números há 3 anos e usavam para assuntos comerciais. Os amigos desconhecem o autor do anúncio.

O caso foi registrado como preservação de direito. A Polícia Civil investiga o caso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  JAMIS SILVA DECRETA TOQUE DE RECOLHER EM QUATRO MARCOS
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA