MATO GROSSO

Mãe é morta e filha de 11 anos estuprada dentro de casa em Barra do Garça

Publicados

em

Mulher de 30 anos foi encontrada morta amarrada em casa, e a filha de 11 anos em estado de choque, também amarrada, na madrugada de segunda-feira (23), em Barra do Garças (509 km ao Leste de Cuiabá). A menina contou que a casa foi invadida por um homem desconhecido, que a estuprou e matou a sua mãe. O caso está sendo investigado.

De acordo com as informações da Polícia Militar, uma amiga sentiu falta da vítima e foi até a sua casa. Chegando lá, encontrou o portão trancado e mesmo chamando pelo seu nome, ninguém aparecia.

Uma testemunha que estava com ela pulou o muro, entrou na casa e já encontrou a mulher amarrada e sem vida. Eles foram surpreendidos pela filha da vítima, uma menina de 11 anos, que saiu assustada do quarto, com o braço amarrado e em estado de choque.

Ela contou que um homem alto, branco e barbudo invadiu a casa da família e em posse de uma faca, fez ameaças. Amarrou a criança e a levou para o quarto, onde foi estuprada.

A mãe dela estava no quarto, deitada com a barriga para o chão, amordaçada e com os pés e a cabeça amarradas. O local do crime foi isolado e a Perícia Oficial acionada para atender o caso. Conselho tutelar também esteve na casa e fez o acolhimento da menina.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Reportagem entrou em contato com a delegacia local, mas não obteve retorno.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dono com pé engessado gasta R$ 2 mil em veterinário e descobre que cão o imitava; Veja o vídeo
Propaganda

CIDADES

Policia Civil de Comodoro encontra corpo às margens da BR 174

Publicados

em

No dia 22 de janeiro de 2021 a Polícia Civil de Comodoro localizou um corpo às margens da Br 174, próximo ao antigo Posto 12 de Outubro. O local é conhecido por ter um intenso trafego de veículos pesados.

O corpo estava às margens da BR, com visíveis lesões e aparentando ter sofrido um atropelamento. Já no local, a Polícia Civil acionou a Polícia Rodoviária Federal que se fez presente, fazendo a contenção da via.

Logo após, iniciaram-se os trabalhos de investigação, sendo realizado o levantamento de informações preliminares de que a vítima havia passado pelo posto 01 da PRF no período noturno e se identificado como “Paulo Ribeiro”, andarilho que se deslocava da cidade de Porto Velho/RO com sentido à Rondonópolis/MT.

Após os trabalhos periciais a equipe de investigação não poupou esforços em buscar a identificação do corpo, tendo êxito graças a integração de informações que as forças de segurança vêm desempenhando.

Dessa forma, foi possível confirmar que se tratava de: Paulo Ribeiro da Silva, de 39 anos de idade, morador de Porto Velho. Com base nessas informações a Polícia Civil foi a procura de familiares para informar o fato. Tendo êxito em localizar sua irmã, também moradora da cidade de Porto Velho.

A Polícia Civil continuará com as investigações com o designo de elucidar os fatos que levaram a vítima a óbito. A Polícia ressalta a importância desse tipo de investigação, tendo em vista, o caráter humano, buscando evitar que em casos como este a vítima seja sepultada como indigente.

Nesse sentido, procurando sempre o conforto dos familiares que merecem saber a veracidade dos fatos.

Ressalta-se ainda, que a integração de informações por parte das forças de segurança, acrescenta na efetividade em busca de respostas para sociedade.

Fonte: Jornal O Diário Online

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mãe acorda com choro de bebê atacado por rato gigante
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA