PONTES E LACERDA

Polícia Civil apreende 53 tabletes de pasta base de cocaína na região de fronteira

Publicados

em

A Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e Delegacia Regional de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá) apreendeu 53 tabletes de pasta base de cocaína, no final da tarde de quarta-feira  (28.10), na zona rural de Vila Bela da Santíssima Trindade. A apreensão da grande quantidade de entorpecente aconteceu após troca de informações entre as delegacias.

Em investigações do tráfico na região de fronteira, a equipe da DRE em Cuiabá recebeu informações sobre uma possível negociação de drogas que aconteceria nas proximidades do aterro em Vila Bela da Santíssima Trindade, acionando a equipe da Delegacia Regional de Pontes e Lacerda para diligência.

Com base nas informações, os investigadores da Delegacia Regional foram até o local, onde avistaram um homem em atitude suspeita, que ao perceber a presença dos policiais empreendeu fuga.

Em continuidade as diligências, os policiais fizeram a varredura do local, conseguindo localizar três sacos em que estavam armazenados os 53 tabletes de pasta base de cocaína, de aproximadamente um quilo cada. A droga foi apreendida e encaminhada para a delegacia para as providências cabíveis.

As investigações estão em andamento para identificar e prender os responsáveis pelo entorpecente.

Fonte: Assessoria/Polícia Civil-MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Suspeito por estupro de adolescente é preso pela Polícia Civil em Pontes e Lacerda
Propaganda

CIDADES

Prefeitura de Tangará da Serra (MT) decreta situação de emergência devido à falta de água

Prefeito disse que Tangará está passando por severa seca em todo o seu território, registrada, segundo ele, “como a maior dos últimos anos, caracterizando estado de escassez hídrica”.

Publicados

em

A Prefeitura de Tangará da Serra, a 241 km de Cuiabá, decretou situação de emergência devido à falta de água no município. A publicação foi feita na terça-feira (24) e tem duração de 60 dias.

O prefeito Fábio Junqueira declarou no decreto que o município é “afetado por desastre codificado como seca – Cobrade” e explica que Tangará está passando por severa seca em todo o seu território, registrada, segundo ele, “como a maior dos últimos anos, caracterizando estado de escassez hídrica”.

Com o decreto, fica autorizado o emprego e destinação dos recursos humanos (servidores), financeiros e materiais, veículos e equipamentos do município para auxiliar nas operações de abastecimento humano e dessedentação de animais.

O decreto coloca ainda a Secretaria de Meio Ambiente para atuar em parceria com o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) e a Vigilância Sanitária na priorização de análises de outorgas de direitos de uso de recursos hídricos e autorizações ambientais destinadas ao abastecimento público.

Em agosto deste ano, o prefeito Fábio Junqueira assinou um decreto obrigando a população a economizar água pelo período de 120 dias.

No período de estiagem, segundo a prefeitura, a cidade tem um desabastecimento considerável dos reservatórios e, consequentemente, devido à seca, a população aumenta o consumo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cinco veículos locados em diferentes estados são recuperados na região de fronteira em Vila Bela
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA