• Junior Confecções

MATO GROSSO

Tripulantes de helicóptero que caiu durante combate a incêndio no Pantanal estão internados em Cuiabá

Estavam na aeronave o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal (DF), o copiloto Luiz Fernando Berberick, da Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), e o 2° sargento PM Emerson Miranda Martins, da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro.

Publicados

em

Os três tripulantes que estavam no helicóptero da Força Nacional que caiu no Pantanal mato-grossense na tarde dessa quinta-feira (8), em Poconé, a 104 km de Cuiabá, estão internados em tratamento em um hospital particular da capital.

Estavam na aeronave o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal (DF), o copiloto Luiz Fernando Berberick, da Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), e o 2° sargento PM Emerson Miranda Martins, da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro.

Queda de helicóptero ocorreu quando equipes combatiam incêndios no Pantanal de MT — Foto: Força Nacional/Divulgação

A queda ocorreu enquanto a equipe combatia os incêndios na mata perto da cidade.

As vítimas foram socorridas com vários ferimentos pelo corpo e encaminhadas em um helicóptero da Marinha do Brasil até Cuiabá para atendimento médico pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso.

Vítimas foram socorridas com vários ferimentos pelo corpo — Foto: Força Nacional/Divulgação

Ainda não se sabe o que teria causado o acidente. O caso será investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

A aeronave, que auxiliava nos trabalhos da Operação Pantanal II, havia saído de Corumbá (MS) e estava na região de Poconé há duas semanas.

Helicóptero da Força Nacional cai durante combate a incêndio no Pantanal de MT — Foto: Ciopaer

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lázaro Barbosa fez cursos de 'empatia, sexualidade e para se colocar no lugar das vítimas' durante passagem na Penitenciária da Papuda
Propaganda

ACIDENTES

Condutor de uno em visível estado de embriaguez causa acidente na rotatória de Pontes e Lacerda.

O condutor do uno que causou o acidente, estava em visível estado de embriaguez.

Publicados

em

Foto por: TVCO Pontes e Lacerda

No último dia (03.06) quinta-feira, dois veículos se envolveram em um acidente, na rotatória do anel viário em Pontes e Lacerda.

Segundo o condutor do Siena, o senhor Reinaldo, ele vinha trafegando na BR-174 sentido Adrianópolis, quando na rotatória do anel viário, um condutor de um veículo uno não obedeceu a placa de pare e invadiu a BR colidindo com o mesmo. Com a batida o veículo Siena saiu fora da pista, já o veículo uno rodou e parou na contramão.

No veículo Siena estava o condutor Reinaldo com sua esposa e o filho. A família nada sofreu, apenas danos materiais.

Já no veículo uno, que causou o acidente havia apenas o condutor, que apresentava estado de embriaguez, o mesmo não sofreu nenhum ferimentos, apenas danos materiais. Após a batida o mesmo tentou sair correndo do local mas foi segurado por terceiros, até a chegada da PRF.

A equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas não precisou encaminhar nem uma das vítimas ao hospital.

A equipe da Polícia Rodoviária Federal esteve no local para lavrar o boletim de ocorrência.

Foi feito o teste de bafômetro no condutor do Siena e deu 0,0. Já o condutor do uno, recusou fazer o teste.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bope mata mais dois do Novo Cangaço durante troca tiros em Nova Bandeirante
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA