MATO GROSSO

Helicóptero da Força Nacional cai durante combate a incêndio no Pantanal de MT; comandante e mais dois ficam feridos

Todos foram resgatados com vida. Helicóptero da Marinha do Brasil levou as vítimas até Cuiabá para atendimento médico.

Publicados

em

Helicóptero da Força Nacional cai durante combate a incêndio no Pantanal de MT — Foto: Ciopaer

Um helicóptero da Força Nacional caiu no Pantanal mato-grossense na tarde desta quinta-feira (8), enquanto combatia os incêndios na mata perto da cidade de Poconé, a 104 km de Cuiabá.Três tripulantes ficaram feridos.

A aeronave, que auxiliava nos trabalhos da Operação Pantanal II, havia saído de Corumbá (MS) e estava na região de Poconé há duas semanas.

Estavam no helicóptero o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal (DF), o copiloto Luiz Fernando Berberick, da Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), e o 2° sargento PM Emerson Miranda Martins, da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro.

Helicóptero da Força Nacional estava há duas semanas em Pantanal de MT — Foto: Divulgação

Todos foram resgatados com vida e estão sendo encaminhados em um helicóptero da Marinha do Brasil até Cuiabá para atendimento médico pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso.

Uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), deslocou até o local com equipe médica do Samu para prestar atendimento às vítimas.

Leia Também:  Cansada por estar na linha de frente da Covid-19, biomédica comete suicídio

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) vai investigar as causas do acidente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ACIDENTES

URGENTE: Acidente com avião mata quatro jogadores e presidente do Palmas

Time se preparava para enfrentar o Vila Nova em Goiânia pela Copa Verde

Publicados

em

O acidente com um avião em uma pista de pouso particular em Luzimangues (Tocantins) neste domingo (24) matou quatro jogadores e o presidente do Palmas. A assessoria do clube informou que estavam a bordo os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. Além dos quatro, a aeronave levava ainda o presidente Lucas Meira e o piloto, identificado apenas como ‘comandante Wagner’.

O Palmas estava indo para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde. Nas redes sociais do time foram compartilhadas imagens do último treino realizado no Tocantins neste sábado (23). O jogo está marcado para as 16h de segunda-feira (25), em Goiânia. Mas o próprio Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que vai colaborar para o adiamento da partida.

O Palmas também tinha um jogo pelo Campeonato Tocantins na quinta-feira (28), às 16h, no Nilton Santos, contra o Araguacema.

O acidente foi na manhã deste domingo. O avião caiu momentos após decolar de uma pista de pouso no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, município localizado 60km ao sul de Palmas. A aeronave tinha acabado de decolar e acabou atingindo o solo em um matagal logo após a cabeceira da pista.

Veja a nota do Palmas na íntegra

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.

Fonte: Globo Esporter

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Civil e Sema flagram exploração de garimpo em desacordo com licença ambiental
Continue lendo

CIDADES

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA